Planos de Cyndi Lauper para 2009

Entrevista: “Arjan Interviews Cyndi Lauper About Her GRAMMY Nomination”

Depois de mais de 20 anos nos negócios da música, Cyndi Lauper continua a manivelar a música que lhe agrada fãs, impressiona os críticos e recebe a atenção da Recording Academy. Este ano, a cantora e humanitária é nomeada para um Grammy por Melhor Álbum Dance “Brink Ya To The Brink”.

Lauper com certeza não é estranha ao Grammys. Ela ganhou seu primeiro GRAMMY em 1985, quando ela recebeu o cobiçado prêmio de Melhor Artista Novo (assista o clássico momento Grammy aqui). Desde então, ela passou a produzir em lotes de diferentes projetos musicais que têm gerado suas múltiplas nomeações GRAMMY ao longo do caminho, incluindo Best Female Pop Vocal Performance (1986), Best Dance Recording (1999) e Best Instrumental Composition Accompanying a Vocal (2005 ). A variedade de suas nomeações GRAMMY é uma homenagem ao incansável talento Lauper para inovar e fazer um montes de coisas diferentes, e fazê-las muito bem.

Arjan: Parabéns pela sua nomeação! Onde você estava quando você recebeu a primeira notícia da nomeação GRAMMY? O que passou pela sua cabeça?

Cyndi: A minha empresária me chamou e me disse. Ela ouviu falar sobre isso quando foram anunciadas as nomeações. Eu estava em casa com meu marido David. É muito bom ser reconhecida. Fiquei encantada ao ouvi-la, evidentemente.

Como que é neste momento de sua carreira ser nomeada para um Grammy novamente?

É sempre ótimo ser nomeado. Eu tenho muita sorte de ser nomeada cada poucos anos, que me dá validação na indústria validação. Meus fãs gostam do que faço é mais importante, mas é bom ser reconhecida por um de seus pares.

A última vez que fui nomeada em 2005 para Melhor Instrumental com Vocais com a canção “Unchained Melody” fora do meu cd “At Last”. Essa foi uma nova categoria e eu estava tão entusiasmada em ser nomeada para isso. Fiquei muito orgulhosa com a nomeação.

Por ser nomeada para este ano no Album Dance do Ano também é gratificante porque tenho sempre vivido parte da minha carreira nos clubes noturnos fazendo shows e trabalhando com remixers. Adoro o gênero, de modo a ser reconhecida pela minha contribuição também é muito legal.

Como você está preparando para a cerimônia? O que você estará vestindo sobre o Tapete Vermelho?

Eu sempre tento me exercitar e permanecer em forma, mas quando os Grammys estão chegando estou um pouco mais motivada. Não tenho certeza do que vou usar ainda. Tenho algumas roupas estou considerando, mas eu ainda não decidi ainda, e provavelmente não irei até o dia do show. Estou indo para se divertir escolhendo uma saída para o tapete vermelho.
Você vai ficar desapontada principalmente quando não se ganha, ou realmente surpresa quando ganha? Gostaria muito de ganhar, claro. É sempre divertido de se ganhar.

Todo mundo vai estar no evento no domingo. Tem alguém em especial que você está olhando para a frente no encontro?

É como ir a uma reunião, para ver todos os seus amigos e os jovens artistas em sua primeira nomeação Grammy é divertido de assistir também. Existe um desempenho Grammy que você está olhando para a frente?

Robert Plant com Alison Krauss e estou realmente ansiosa para encontrar Katy Perry também.

O que você fará após o Grammys? Quais são seus planos imediatos?

Vou estar em um filme em abril e maio, em seguida, irei em turnê na Europa para temporada de festivais. Também acabei de assinar um livro e para a minha autobiografia que sairá no final deste ano ou início de 2010. Meu trabalho de caridade é também muito importante para mim e eu estou no processo de lançamento da minha própria fundação chamada Fundação True Colors que incide sobre a comunidade LGBT.

Caiu no Gosto

Essa e a uma pequena nota que saiu no jornal gaucho Zero Hora.

CAIU NO GOSTO
Depois de Marcelo Camelo, Marcelo Faria, Rogério Flausino e o VJ Marco Bianchi, foi a vez de Cyndi Lauper se encantar com as coloridas criações da Vulgo. Cyndi levou pulseiras assinadas por Lucia Braga, boné da New Era customizado por Antonio Torriani, um dos sócios da marca, e um chaveiro da Alma Gorda. A figurinista da cantora levou várias camisetas, e uma delas diz: “I did Paris, Pamela and Britney”.

Toda conceito, a vitrina da grife gaúcha na loja da Padre Chagas atrai a turma moderna e urbana. A musa adolescente e supercool Mallu Magalhães adora. Ela abriu seu show no Gig Rock, na última semana, agradecendo à Vulgo pelo casaco que ganhou de presente, pois estava com muito frio.