Uma Vez Após a Outra

(Time After Time)
She’s So Unusual © 1983
Cyndi Lauper/Rob Hyman

Deitada em minha cama, ouço o tique-taque do relógio e penso em você
presa em círculos, a confusão não é nenhuma novidade
uma imagem do passado – noites quentes – quase deixada para trás
uma valise de memórias, tempos depois –

Ás vezes você me visualiza, estou andando muito à frente
você me chama, não consigo ouvir o que você disse
então você diz “vá devagar”, eu caio para trás
a segunda mão solta

Se você estiver perdido, você pode olhar e vai me encontrar,
uma vez após a outra
se você cair, eu te pegarei – estarei esperando,
uma vez após a outra

Depois que minha imagem sumir e a escuridão tiver passado para o cinza
assistindo através das janelas – você está imaginando se estou OK
segredos roubados lá de dentro
o tambor bate fora do compasso

Se você estiver perdido, você pode olhar e vai me encontrar,
uma vez após a outra
se você cair, eu te pegarei – estarei esperando,
uma vez após a outra

você diz “vá devagar”, eu caio para trás
a segunda mão solta…

Se você estiver perdido, você pode olhar e vai me encontrar,
uma vez após a outra
se você cair, eu te pegarei – estarei esperando,
uma vez após a outra
uma vez após a outra
uma vez após a outra

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *